Google alerta que softwares de segurança são ineficazes contra as novas pragas





    SEGURANÇA                        

A Google publicou um novo estudo na quarta-feira (18/8), detalhando como está ficando mais difícil identificar sites e ataques nocivos, com softwares de antivírus provando ser ineficazes contra novas pragas.
Os engenheiros da companhia analisaram o equivalente a quatro anos de dados, compreendendo 8 milhões de sites e 160 milhões de páginas web a partir de seu serviço Safe Browsing, que é uma API (interface de programação de aplicativo) que envia dados para os navegadores Chrome, da Google, e Firefox, da Mozilla, e alerta os usuários quando eles acessam um site carregado de malware.


A Google afirma que envia 3 milhões de alertas de sites inseguros para 400 milhões de usuários por dia. A companhia analisa a rede usando diferentes métodos para descobrir se uma página é maliciosa.
“Como outros fornecedores de serviços, estamos engajados em uma verdadeira corrida com os distribuidores de malware”, afirma a equipe de segurança da Google em um post no seu blog oficial.
Esse processo de detecção está se tornando mais difícil em razão de uma variedade de técnicas de “fuga” empregadas pelos invasores que são desenvolvidas para evitar que seus sites sejam marcados como nocivos, de acordo com a pesquisa.


PC WORLD

Seja o 1º a Comentar:

Licença Creative Commons
A obra DIGIDOWN de Henrique Oliveira foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em braindownloads.blogspot.com.
Permissões adicionais ao âmbito desta licença podem estar disponíveis em www.creativecommons.org.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics