#Youpix Festival: Qual o segredo da fama?





    INTERNET                     


No segundo dia do Festival YouPix, Mauricio Stycer, jornalista, repórter e crítico do portal UOL, mediou um debate sobre a construção da fama na internet. No palco estavam Walquiria Raizer e Vinicius Nisi da Banda Mais Bonita da Cidade; o pesquisador e professor de mídias sociais Fernando Fontanella; Rica Grandi, cineasta e advogado especializado em direito de autor; e PC Siqueira, vlogger.
A ideia era descobrir se existe uma fórmula ou caminho para ganhar os 15 kbytes de fama e entrar no rol da Alta Social Media. O pesquisador Fernando acha que não há muita diferença entre a fama na internet e em outras mídias. Uma das peculiaridades da internet é que outras pessoas ajudam mais o internauta a atingir a fama e, portanto, passam a cobrar, exigir e intervir bem mais nos trabalhos e projetos.
Já PC Siqueira acredita que não adianta forçar um fama dentro da internet, a pessoa tem que ser boa e trazer algo de original. Além disso, ele afirma que a fama nesse meio tem muito a ver com o momento. Para ele, se algo aparece em um momento em que outros memes estavam perdendo a popularidade e a rede está precisando de algo novo para chamar a atenção, uma pessoa que tenha algum tipo de talento pode ter sua chance.
O vlogueiro, inclusive, contou que ele não se apega muito a planejamentos de projetos, mas se preocupa com a continuação de um processo criativo. "Eu não posso parar de escrever, preciso estar sempre pensando em me renovar. Não para os outros assistirem, mas para eu me renovar e ter algo original para oferecer", revelou.
O cineasta Rica Grandi, que também assessora PC Siqueira em seus projetos, disse que embora a fama possa vir de repente, a maioria das coisas que ganham atenção na web tiveram uma produção e preocupação. "O público é sensível e fareja o que é bacana e o que não é. Há uma preocupação, um tratamento no produto para que fique bom e o público receba bem", comentou.
No entanto, a produtora da Banda Mais Bonita da Cidade confessou que não houve planejamento para tornar o vídeo da música "Oração" em um viral. De acordo com Walquiria, a revolução aconteceu e eles nem estavam tão preparados para governá-la. Vinicius, integrante da banda, comentou que até hoje muitas pessoas perguntam qual será o próximo vídeo a ser lançado, apesar de este nem ser o foco da banda. "Não somos uma produtora de vídeo, somos uma banda e não queremos ter apenas a fama de internet", afirmou.


OLHARDIGITAL

Seja o 1º a Comentar:

Licença Creative Commons
A obra DIGIDOWN de Henrique Oliveira foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em braindownloads.blogspot.com.
Permissões adicionais ao âmbito desta licença podem estar disponíveis em www.creativecommons.org.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics